Primeira vitima no pós-eleição em Belo Jardim – PE

Dr Ana Paula Mendonça

Cai à secretaria de saúde de Belo Jardim, é a segunda na atual gestão ou gestação interrompida, pois não chegou há nove meses.
A secretaria Dr.: Ana Paula recebeu o bilhete azul do próprio Prefeito João Mendonça (PSD) que já fez o mesmo com a cunhada Ana Jatobá, mais como premio de consolação ela foi para uma pasta que é apenas cabide de emprego a secretária da mulher. Resta saber se essa secretaria vai ser demitida ou transferida para outra pasta do atual governo que está mais perdido do que cachorro quando cai de mudança. Caiu também a sanharoense diretora do hospital Júlio Alves de Lira a Doutora Socorro Freitas irmã do ex: prefeito daquela cidade Cesar Freitas, que segundo se comenta teria sido indicada por conveniência politica. Com a saída da diretora assumiu respaldada pelo corpo de funcionários do hospital Ivanilda enfermeira, resta saber quanto tempo ela vai aguentar no cargo. Outras mudanças estão em gestação na atual gestão, pode ou abortar ou vir dar á luz caso se torne realidade.
Mas o que provocou a demissão da Doutora? O resultado das urnas do inesquecível dia cinco de outubro, ou tem outros interesses na jogada?
Por exemplo: as eleições da câmara de vereadores de Belo Jardim que está prestes a acontecer?
Você deve está se perguntando o que tem haver a calça com o orifício de traz?
Muito, eu vou explicar: a saída da secretaria foi uma exigência da vereadora Da Paz em troca de apoio ao candidato, ou candidata do prefeito a sucessão do atual presidente da câmara Nem Cabeludo, segundo informação já assumiu a filha da vereadora Silvia Renata a sucessora da secretaria demita na pasta da saúde.
Não vamos questionar a capacidade da jovem Silvia a nova secretaria de saúde, mas o monopólio que será criado pela vereadora que vai colocar toda sua prole a serviço da sua campanha usando o hospital Júlio Alves de Lira coisa que já faz nos dias atuais sem ter de fato o comando na casa hospitalar, imagine com o poder de mando, como será?
Uma perguntinha, como vai ficar os pedidos dos demais vereadores no Hospital Júlio Alves de Lira? Especialmente os da base de apoio do prefeito, vão baixar a cabeça e aceitar a imposição da vereadora que vai mandar e desmandar no referido hospital, ou não?
A cada reunião a vereadora apresenta um titulo de cidadão Belo-jardinense, ou a um Médico, ou alguém da saúde com argumento de serviços prestados a sociedade do nosso munícipio. Ao ponto de um Médico amigo nosso rejeitar, e olhe que essa palavra esta em voga na cidade REJEIÇÃO, o titulo de cidadão.
Em Belo Jardim está vulgarizado esta comenda, “titulo de cidadão” tem um votinho transfere pra Belo Jardim e já recebe o titulo de cidadão do município, como se não bastasse, foi demitida também a diretora do hospital a Doutora Socorro Freitas, a cabra esta comendo o cartão de todos, mais será que vai continuar os mesmos diretores de vários setores da saúde, como endemias e agentes de saúde etc.? Ou vai continuar tudo como era antes no Quartel de Abrantes?
A rejeição a palavra do momento é tão grande ao atual governo municipal, que os servidores da saúde se cotizaram e soltaram uma girândola nesta quinta feira ás cinco e meia da tarde, bonzinho não, a que ponto chegou o desgoverno municipal. Vamos desejar boa sorte a Silvia Renata que ela vai precisar muito, pois vai enfrentar uma estrutura viciada sem médicos nem medicamentos onde falta tudo e as cobranças são enormes, se tiver liberdade para trabalhar pode fazer uma boa administração, mais se houver interferência do prefeito seu trabalho não irá muito longe, e como as antecessoras estará fadada ao fracasso.
Mas falta de aviso não foi, estou certo, ou errado.

Do Janela Livre

Posted Under
Sem categoria