Caminhoneiros homenageiam motorista sãobentense, Nene Vaqueiro, morto em acidente

No último sábado (08) uma carreata chamou a atenção e emocionou os moradores de São Bento do Una. Diversos veículos saíram às ruas para homenagear o caminhoneiro sãobentense, Givanildo Silva de Almeida conhecido por “Nene Vaqueiro”, de 33 anos, que morreu durante acidente, quando teria perdido o controle do veículo que conduzia e batido em uma árvore na BR – 230 em São Francisco do Piauí.

essa

O silêncio do velório foi cortado pelo som das buzinas. O corpo seguiu juntamente com a carreata até o cemitério municipal. Durante o trajeto, os motoristas continuavam buzinando em homenagem à vítima. A população parou para ver o cortejo passar, e muitos caminhoneiros, colegas de Neném e populares, não conseguiam segurar a emoção que rolava em forma de lagrimas pelo seus rostos.

19642490_1921008744786888_7796906202078646656_n

Um dos momentos que mais emocionou os presentes foi a chegada ao Cemitério, visto que já estava “anoitecendo”, os colegas de trabalho de Neném posicionaram suas carretas de frente a entrada do cemitério Bom Jesus e enquanto o corpo era conduzido, além do som das buzinas, os fárois dos veículos sinalizavam como um gesto de agradecimento e adeus a um companheiro que dedicou parte de sua vida a conduzir essas máquinas.

nenem

Aperte o play e confira um pouco de como foi o velório desse grande amigo caminhoneiro sãobentense, que entrou para a história da cidade de São Bento do Una.

Neném Vaqueiro, Deus te chamou pra junto dele, sua vida em nosso meio foi breve, tentamos entender os porquês dos porquês, mas a verdade é que nunca entenderemos porque você se foi assim, dessa forma trágica e brusca como você se foi.

19756809_1599992473346490_7089596328155833807_n

Neném, o que agora importa mesmo é que você foi muito importante pra seus familiares e amigos.  Você foi um homem muito amado e querido por todos os que te conheciam, fizeste verdadeiros amigos e admiradores que nunca esqueceram a sua alegria espontânea, suas brincadeiras, seu sorriso, seu jeito brincalhão de ser e de levar a vida.

“Enquanto houver lembranças sempre haverá saudade”.

19748391_1920866151467814_3863925490395602093_n

Confiram vídeos-Homenagens:

Fontes: Risangela Espindola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *