Barrerito – 19 Anos de Saudade

Hoje (12/08) completam 19 anos que o cantor carioca Élcio Neves Borges, mais conhecido como “Barrerito” partiu “fora do combinado”..

Conhecido por “O Cantor das Andorinhas”, Barrerito começou sua carreira em 1963 cantando com um de seus irmãos.

A parceria com o irmão “Jaci” durou pouco… tempos depois, Barrerito cantou ao lado do grande cantor e compositor mineiro “Criolo” (das duplas Criolo & Seresteiro, Criolo e Juvenil, Criolo e Aladim, entre outras)…

Posteriormente, Barrerito formou dupla com Creone, gravando mais de 08 Discos, até que em 1975, durante uma excursão da dupla por Belo Horizonte, Creone e Barrerito conhecem Mangabinha…

Daí foi questão de dias para formarem a 3ª Formação do Trio Parada Dura (Antes de formação mais conhecida, cantaram junto com Mangabinha, Delmir e Delmon e Gino e Geno).

Já no ano de 1975 lançam um dos maiores sucessos do Trio Parada Dura “Castelo de Amor”.

Foram grandes discos e enormes sucessos: “Barra Pesada”, “Luz de minha vida”, “Avenida Central”, “Parada Dura”, “Blusa Vermelha”, “Telefone Mudo”, entre outras… além do grande sucesso “As Andorinhas” (Composição de Alcino Alves, Rossi e Rosa Quadros), que viria a ser o maior sucesso do Trio Parada Dura, firmando-os de vez no cenário musical além de abrir novos mercados para a música sertaneja…

Em 06 de setembro de 1982, acontece o trágico acidente aéreo do Trio Parada Dura, acidente este que deixou o cantor Barrerito paraplégico e dependente de cadeira de rodas para se locomover…

Mesmo assim, apesar das dificuldades de locomoção, Barrerito ainda gravou com o Trio Parada Dura, mais alguns LPs, até que em 1987, alegando um certo preconceito, Barrerito deixa o Trio, sendo substituído por seu irmão “Parrerito”, que segue até hoje cantando ao lado de Creone e de Xonadão, Trio Parada Dura…

Já em carreira solo, Barrerito gravou 09 LPs inéditos e mais 03 Lps com regravações…

O sucesso foi estrondoso e fez com que Barrerito retomasse uma grande agenda de shows, ganhando diversos Discos de Ouro e Platina, premiando ainda mais esse grande artista…

No ano de 1998, Barrerito e Creone se uniram ao acordeonista Voninho, formando um novo trio… “Trio Alto Astral….

Uma das únicas apresentações do Trio Alto Astral com Barrerito

Essa formação durou até o dia 12 de Agosto de 1998, quando Barrerito veio a falecer em Belo Horizonte onde residia, vítima de infarto…

Barrerito no Antigo Sabadão Sertanejo pelo SBT – Apresentado por Gugu Liberato
Na contracapa do LP “Filho do Mundo” de 1997, Barrerito transformou em poema, o que seria uma espécie de previsão para o futuro…

Vejam as capas dos seus 9 LP’s em sua carreira solo…
01 – Onde Estão Os Meus Passos – Vol. 01 (1987)
02 – Tá Do Jeito Que Eu Queria – Vol. 02 (1989)
03 – Artista Do Povo – Vol. 03 (1989)
04 – Momentos De Amor – Vol. 04 (1990)
05 – O Show Precisa Proseguir – Vol. 05 (1991)
06 – Bolero Da Saudade – Vol. 06 (1992)
07 – Noite De Plantão – Vol. 07 (1993)
08 – Lembranças – Vol. 08 (1995)
09 – O Filho Do Mundo – Vol. 09 (1996)
Último CD Trio Alto Astral (1998)
” Se um dia se apagar em teu coração o sonho de ilusão , procure no açoite do vento a tua paz , procure na natureza o teu equilíbrio . Tu acreditaste que os amanheceres passariam e os amanheceres passaram , acreditou no ontem , buscando o hoje , deve aguardar o agora na espera do amanhã “
A nossa homenagem a esse grande artista, que com sua morte, deixou uma lacuna enorme na música sertaneja do Brasil…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *