Connect with us
http://jardimdoagreste.com.br/wp-content/uploads/2018/07/728x140.png

Avicultura

2º alimento mais completo, ovo ajuda no combate ao alzheimer e mal de parkinson, diz nutricionista Nos ovos, estão presentes altas doses de colina, vitamina essencial para a saúde cerebral e memória

Published

on

Alimento saudável, saboroso e que deve ser consumido em todas as fases da vida. O ovo é a segunda comida mais rica em nutrientes, perdendo apenas para o leite materno. Fonte completa de proteínas, vitaminas e minerais, no ovo são encontradas vitaminas A, D, E e K, e todas as do complexo B, principalmente a vitamina B9 e a B12.

Nos ovos, estão presentes altas doses de colina, vitamina essencial para a saúde cerebral, para a memória, aprendizado, desenvolvimento muscular e criação de novas fibras musculares.

“O ovo só faz bem. Ajuda no combate ao alzheimer e mal de parkinson. O cloreto de colina, presente no ovo, é uma vitamina que participa do tecido nervoso e estimulação da imunidade. Indicamos o consumo de três ovos por dia”, afirmou o vice-presidente da Associação Avícola de Pernambuco (Avipe), Josimário Florêncio.

Algumas pessoas ainda acham que o ovo é um vilão do colesterol. De acordo com Paula Brielle, nutricionista e mestre em bases experimentais da nutrição, é interessante entender que isso é um mito e esses estudos que traziam o ovo como vilão já foram superados.

(Foto: Pedro Neto/Agência Experimental de Notícias da Unifavip Wyden)

“O colesterol que a gente tem no corpo é um colesterol produzido por algum problema, seja pelo excesso de peso, problema hepático, renal, diabetes e no fígado, que vão levar a esse aumento. Não há, necessariamente, a restrição do consumo do ovo para quem tem colesterol alto. A exceção acontece em casos de alergia à albumina, proteína presente no ovo. Se o colesterol estiver muito alto ou com alguma descompensação, é importante procurar um nutricionista para verificar como deve ser o consumo desse alimento”, ressaltou.

Tanto o de galinha, como o de codorna, os mais comuns e baratos, são bem parecidos em funções nutricionais. “O teor de proteína por 100g é quase a mesma coisa. A diferença é o tamanho. Um ovo de galinha vai equivaler a cinco ovos de codorna. Todos vão trazer o mesmo benefício para a saúde. Para a gestante, inclusive, as vitaminas B9 e B12, presentes no ovo, são essenciais para a formação do tubo neural do feto”, destacou Paula.

(Foto: Avipe/Divulgação)

A nutricionista ainda comentou sobre como a forma de preparo pode afetar nos nutrientes do alimento. “O ovo poderá trazer alguns malefícios à saúde, caso seja adicionada alguma gordura, como, por exemplo, a margarina, que é fonte exclusiva de gordura trans. Muitas vezes as pessoas dizem que o problema está no ovo mas, na verdade, é no que foi adicionado a ele”, alertou.

A gordura do ovo vai ter função estrutural e hormonal para o corpo. Para os homens, ajuda na produção de testosterona. Além disso, auxilia no próprio colesterol, adrenalina e cortisol.

Aliado às atividades físicas

O ovo é um grande aliado para as pessoas que praticam atividades físicas. Indicado para uma dieta balanceada, é rico em vitaminas, antioxidantes e proteínas de alto valor biológico. Uma dessas proteínas é a albumina, que contém aminoácidos essenciais para o corpo e é eficaz na reparação do dano muscular.

“Todas as vezes que as pessoas fazem exercícios físicos, elas expõem o músculo a um estresse, um desequilíbrio por causa da carga externa. E nesse estresse, alguns danos são gerados no músculo, conhecidos como microlesões. Uma das funções da proteína da albumina é facilitar o reparo dessas microlesões e acelerar a recuperação muscular para que um próximo esforço seja feito naquela musculatura”, afirmou o educador físico José Isídio.

Ainda de acordo com o educador físico, a albumina vai ter uma função eficaz desde que outros nutrientes estejam em equilíbrio no corpo. Não adianta consumir muita proteína e deixar de lado o carboidrato e lipídios. É interessante que todos os nutrientes estejam em equilíbrio, para que a proteína consiga realizar um trabalho biológico eficaz para a saúde.

Por Pedro Neto, da Agência Experimental de Notícias da Unifavip Wyden

Comments

comments

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Avicultura

Agralison Victor apresenta projeto para que São Bento do Una se torne Capital do Ovo O deputado estadual apresentou o projeto na Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE) para ser votado e assim conceder o título ao maior produtor do Norte e Nordeste

Published

on

O deputado estadual Aglaison Victor (PSB) apresentou na última segunda-feira (11) o projeto de resolução para que o município de São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco, se torne capital do ovo.

O município é o maior produtor do setor de avicultura na produção de ovo do Norte e Nordeste, colocando o estado de Pernambuco como o 4ª maior produtor no Brasil.

O título se aprovado será um grande reconhecimento a todos avicultores e produtores da cidade que mesmo enfrentando uma grande seca, mantem o volume de produção.

TV SBUNA

Comments

comments

Continue Reading

Avicultura

3 mil galinhas se juntam para matar raposa invasora na França As aves teriam sido responsáveis pela morte de uma raposa jovem em uma fazenda no noroeste da França.

Published

on

Galinhas de uma fazenda-escola no noroeste da França são suspeitas de terem se juntado para matar uma raposa jovem que entrou no local.

O incidente inusitado ocorreu na região francesa da Bretanha. A raposa entrou num galpão onde viviam cerca de 3 mil galinhas, através de uma portinhola automática, que se fechou logo depois de sua passagem.

“As galinhas agiram levadas por um instinto de manada, e atacaram a raposa com bicadas”, diz Pascal Daniel, diretor da escola agrícola Gros-Chêne.

O corpo da pequena raposa foi encontrado no dia seguinte, num canto do galpão.

“Tinha marcas de bicos por toda parte, do pescoço para baixo”, disse Daniel à agência francesa de notícias AFP.

A fazenda abriga cerca de seis mil galinhas criadas soltas. Elas ocupam um espaço de pouco mais de dois hectares de terra.

O galpão onde elas vivem permanece aberto no período diurno, e a maioria das galinhas passa o dia do lado de fora, segundo a AFP.

G1

CURTA NOSSA PÁGINA CLICANDO NA IMAGEM A BAIXO…

Comments

comments

Continue Reading

Avicultura

Falta de energia mata mais de 50 mil frangos e prejuízo passa de R$ 300 mil no ES. No interior das granjas, há dezenas de ventiladores, que funcionam com eletricidade e nenhum morador havia sido comunicado sobre a interrupção.

Published

on

Foram pouco mais de quatro horas de interrupção no fornecimento de energia na região da Cascata do Galo, em Domingos Martins – ES, mas o suficiente para causar a morte de mais de 40 mil frangos, conforme lamenta o avicultor Silvestre Santana, 37 anos.

No interior das granjas, segundo o granjeiro Silvestre, há dezenas de ventiladores, que funcionam com eletricidade. Segundo ele, a energia foi suspensa por volta de 10 horas deste sábado (09), e nenhum morador havia sido comunicado sobre a interrupção.

Ao meio dia deste sábado, segundo Silvestre, os eletricistas da empresa fornecedora de energia elétrica continuavam com as reparações do sistema de fornecimento elétrico em parte de Domingos Martins, enquanto o quantitativo de frangos mortos aumentava a cada momento.

Frango morto 02

“Em uma das granjas, que alojava 32 mil frangos, apenas cerca de dois mil conseguiram sobreviver. Ao todo, calculo que morreram aproximadamente 50 mil frangos, causando um prejuízo de uns R$ 300 mil. Juntamente com a empresa a qual sou parceiro na criação, vamos acionar a justiça para buscar o ressarcimento do nosso prejuízo”, adiantou o avicultor.

Diversos caminhões cheios de frangos mortos deixarão de ser vendidos e serão descartados, segundo o granjeiro. Ele ressalta ainda que os colegas de trabalho da mesma região estavam desesperados e tentavam de todas as formas improvisarem a queda de temperatura para evitar a morte das aves.

No interior dos galpões, segundo o granjeiro, a temperatura superou os 40 graus e isso torna impossível para os frangos se manterem vivos devido ao aumento da produçao de amônia, disse o produtor.

Segundo Silvestre, os frangos que morreram seriam comercializados na próxima terça-feira. “Estou aguardando a chegada de uma veterinária e vamos abrir buracos e enterrar essas aves mortas. É uma cena lamentável e um descaso da EDP. Se tivéssemos sido informados, teríamos providenciado geradores de energia para o período que ficamos sem o fornecimento elétrico. Serão pelo menos dois dias de trabalho para o descarte das aves mortas”, lamentou.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a EDP informou que “falha na rede que abastece pontos de Domingos Martins interrompeu a energia para parte dos clientes da região. Equipes trabalharam para restabelecer o sistema, que foi normalizado de forma gradativa. Às 14h14, todo o serviço foi restabelecido”.

Montanhas Capixabas

Comments

comments

Continue Reading

Trending

Copyright © 2019 Jrardim do Agreste