Home > O Agreste > Polícia investiga morte de detento em Penitenciária de Tacaimbó

Polícia investiga morte de detento em Penitenciária de Tacaimbó O detento era acusado de estuprar a filha de 12 anos com a participação de outro homem, que também foi encontrado morto em uma unidade prisional

A Polícia Civil está investigando a morte de um presidiário dentro da Penitenciária de Tacaimbó, no Agreste do Estado, na segunda-feira (11). O corpo de Milton Carlos Delmiro, conhecido como Gago, de 37 anos, foi encontrado enforcado.

O presidiário era acusado de ter estuprado a filha em 2015, que na época tinha 12 anos, no Sítio Sapucaia, na Zona Rural de Agrestina. Ele teria cometido o crime com a ajuda de outro homem, que também foi preso. Esse segundo acusado foi morto dentro da Penitenciária Juiz Plácido de Souza, em Caruaru, também no Agreste, no ano de 2016.

O detento Milton Carlos foi encontrado morto dentro de sua cela durante uma revista na penitenciária. Ele já havia trocado de unidade prisional diversas vezes por receber ameaças. Ele também já tinha sido espancado por outros presos. A polícia está investigando agora se existe a possibilidade do crime se tratar de suicídio.

Confira:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *