Home > Caruaru > Advogado é detido suspeito de desacato a autoridade em Caruaru

Advogado é detido suspeito de desacato a autoridade em Caruaru Caso está sendo apurado

Advogado assinou termo e foi liberado.Foto: reprodução/TV Jornal

Durante uma assembleia sobre a criação de um novo Sindicato de Vigilantes em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, um advogado foi detido na tarde desta quinta-feira (05) suspeito de desacato a autoridade.

Veja na reportagem do “TV Jornal Manhã”, da TV Jornal Interior:

Por meio de nota, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Pernambuco informou que repudia veementemente a atitude de policiais militares lotados em Caruaru, que, em conduta violadora do art. 7°, Parágrafo 3°, do estatuto da advocacia e da OAB, abusaram da autoridade e colocaram à força em um camburão o advogado. Ainda segundo a nota, além de prestar a devida assistência por meio da subseção da OAB em Caruaru e da comissão de defesa, assistência e prerrogativas (CDAP) da ordem no Estado, a entidade está adotando as medidas criminais cabíveis e entrará com uma representação na corregedoria da Secretaria de Defesa Social para que os responsáveis por atos tão arbitrários, abusivos e violadores das prerrogativas da categoria sejam devida e exemplarmente punidos.

A produção da TV Jornal Interior entrou em contato por telefone com o comandante do Biesp, Coronel Meneses, que informou que devido ao desacato houve a necessidade de prisão e que abriu um procedimento administrativo para apurar se ocorreu abuso por parte dos policiais.

Já o delegado Eduardo Sunaga informou que foi feito um termo circunstanciado de ocorrência (TCO) em desfavor do advogado Sávio Delano. Ele assinou o termo e foi liberado.

NE10 Interior

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *