Connect with us
http://jardimdoagreste.com.br/wp-content/uploads/2018/07/728x140.png

Ciência e Saúde

Qual a melhor posição para dormir, segundo a ciência Dormir de lado é sempre melhor que de costas ou de bruços - e um dos lados oferece mais vantagens; descubra qual e por quê.

Publicado há

em

a próxima vez que você estiver se revirando na cama em busca da posição ideal, lembre-se de uma coisa: os especialistas recomendam dormir de lado. Mas qual dos dois?

Dormir dessa forma proporciona um descanso maior e facilita o funcionamento do nosso organismo melhor do que dormir de bruços, o que pode dificultar a respiração, ou de barriga para cima, o que joga o peso do corpo sobre as costas, por exemplo.

No entanto, entre as duas posições laterais possíveis, há uma delas que traz mais benefícios. De acordo com a ciência, é melhor dormirmos sobre o lado esquerdo do corpo, algo que é especialmente válido para grávidas. Entenda a seguir por quê.

1. É bom para o cérebro

Dormir sobre o lado esquerdo beneficia a drenagem linfática do sistema nervoso central, garante um estudo realizado na Universidade de Stony Brook e na Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, e publicado na revista científica The Journal of Neuroscience.

Essa posição favorece a eliminação do excesso de proteínas, vitaminas, gorduras e resíduos, como os depósitos de proteínas beta-amilóides, altamente nocivos à saúde.

Essa função é muito importante para o nosso organismo, porque ajuda a manter constante o volume e a pressão sanguínea, assim como o melhor funcionamento do sistema imunológico.

Uma drenagem linfática deficiente pode levar a transtornos neurológicos, como a esclerose múltipla.

2. Melhora a circulação sanguínea

Nosso coração está do lado esquerdo do corpo, e dormir dessa forma impede a obstrução da artéria aorta, que bombeia sangue para o resto do sistema sanguíneo, explicou à CNN o médico William Christopher Winter, do Hospital Martha Jefferson, nos Estados Unidos.

Ao mesmo tempo, a veia cava inferior permanece livre, sem ser pressionada por nenhum órgão, disse Winter. Então, o sangue retorna mais facilmente de outras partes do corpo até o coração.

3. Facilita a digestão

Essa é uma simples questão do efeito da gravidade sobre nós. O estômago e intestinos grosso e delgado estão ligeiramente inclinados à esquerda. Então, deitar-se sobre esse lado do corpo faz com que os alimentos passem por esses órgãos mais facilmente.

4. Alivia o peso sobre a coluna vertebral

Quando você fica deitado de lado, a coluna fica mais alinhada do que quando você se deita de costas ou de bruços. Além disso, evita-se que todo o peso do corpo recaia sobre as costas e, como já foi dito, evita pressão sobre importantes vias sanguíneas.

Dormir sobre o lado esquerdo é especialmente recomendável para grávidas, já que assim o bebê não pressiona a veia cava, e o sangue circula melhor, fazendo chegar à placenta os nutrientes necessários.

Comments

comments

Click no comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ciência e Saúde

Mais de 80% das crianças ainda não foram vacinadas contra o sarampo e a pólio Campanha segue até o dia 31 de agosto. Até esta terça-feira (14), 3,6 milhões de doses foram aplicadas pelo Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde.

Publicado há

em

Cerca de 84% das crianças brasileiras ainda não foram vacinadas contra a poliomielite e o sarampo, de acordo com dados divulgados pelo Ministério da Saúde. A campanha nacional de vacinação, com doses disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS), ocorre até o dia 31 de agosto.

Até está terça-feira (14), 3,6 milhões de doses de vacinas contra as duas doenças foram aplicadas – 1,808 milhão contra a pólio e 1,801 milhão contra o sarampo. Esse quantitativo corresponde a 16,13% e 16,07% do público-alvo dessas doenças, respectivamente.

Neste ano, a campanha é indiscriminada: todas as crianças com menos de cinco anos precisam ser vacinadas. No próximo domingo (18), o ministério deverá fazer uma força-tarefa, o chamado “Dia D”, com 36 mil postos abertos para a imunização.

Como funciona:

  • Criançãs que não receberam nenhuma dose irão receber a Vacina Inativada Poliomielite (VIP)
  • Crianças que já tomaram uma ou mais doses receberão a Vacina Oral Poliomielite (VOP) – conhecida como gotinha
  • Para o sarampo, todas as crianças receberão a vacina Tríplice viral, independente do histórico de vacinação, que também protege contra a caxumba e a rubéola.

Por G1

Comments

comments

Continue Lendo

Belo Jardim

Sesc Ler Belo Jardim promove ação para comemorar Dia Nacional da Saúde Serão oferecidos diversos serviços para a população na Praça da Conceição.

Publicado há

em

O Sesc Ler Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, realiza na sexta-feira (10) promove ação para celebrar o Dia Nacional da Saúde, que é comemorado no dia 5 de agosto. Será oferecida uma série de ações de prevenção e promoção à saúde, das 8h às 12h, na Praça da Conceição, no Centro da cidade.

Haverá serviços como aferição de pressão, testes de glicose, orientações sobre colesterol, atualização de vacina (necessária a apresentação do cartão de vacinação), orientação nutricional, avaliação física, testes rápidos de HIV, Sífilis e Hepatites Virais, estande de leitura com temáticas de saúde, testes e orientações sobre a saúde dos olhos e massagem relaxante.

“Nestas ações, o público é atendido por uma equipe capacitada, tanto da nossa Unidade quanto de nossos parceiros. O projeto em alusão ao Dia Nacional da Saúde tem o objetivo de conscientizar a todos, através da prevenção e promoção à saúde, sobre a importância da educação sanitária, bem como despertar o valor da saúde e os cuidados para com ela”, explica Adriana Perboire, gerente do Sesc Ler Belo Jardim.

Serviço
Ação do Dia Nacional da Saúde em Belo Jardim
Data: 10 de agosto
Local: Praça da Conceição – Centro
Horário:8h às 12h

Por G1

Comments

comments

Continue Lendo

Ciência e Saúde

Excesso de peso na juventude altera a estrutura do coração, aponta estudo O sobrepeso engrossa o músculo cardíaco, dificultando a passagem do sangue e forçando o coração a trabalhar mais

Publicado há

em

De acordo com estudo publicado esta semana na revista Circulation, o excesso de peso durante a juventude pode alterar a arquitetura cardiovascular, aumentando os riscos de desenvolver problemas cardíacos, como hipertensão e aumento da massa ventricular. Os pesquisadores descobriram que o sobrepeso em um jovem adulto é capaz de ‘engrossar’ o músculo cardíaco, dificultando a passagem do sangue e forçando o coração a trabalhar mais. Esse espessamento das paredes dos vasos é considerado o primeiro sinal de aterosclerose, problema no qual placas de gordura se acumulam nas artérias.

A pesquisa, realizada pela faculdade de medicina da Universidade de Bristol, no Reino Unido, avaliou milhares de participantes com idades entre 17 e 21 anos que tinha peso elevado na década de 1990. Esse foi o primeiro estudo a investigar as consequências do alto índice de massa corporal (IMC) no sistema cardiovascular de pessoas jovens.

Como acontece o espessamento

Segundo especialistas, o percentual de gordura de um indivíduo deve ficar abaixo dos 30%; nas mulheres é aceitável entre 18% e 28% e nos homens entre 10% e 20%. Quando a composição corporal sofre alteração e o índice de gordura é superior a estes valores, ocorre alteração do setpoint metabólico, o que afeta o tecido adiposo, responsável pela produção de enzimas e hormônios, alguns capazes de provocar a obesidade.

A produção de algumas destas substâncias, como o PAI-1 e a resistina, são estimuladas pela gordura corporal e podem alterar a arquitetura do coração e dos vasos sanguíneos. Quando essas duas proteínas são liberadas é possível notar uma piora na função cardíaca, como  alargamento da parede ventricular e diminuição da câmara cardíaca. Diante disso, pode ocorrer uma alteração na pressão arterial e, em alguns casos, provocar morte súbita. Indivíduos mais jovens que tem o IMC acima de 30 estão mais expostos a essas substâncias nocivas ao organismo.

Consequências

Quando uma pessoa está obesa, as câmaras cardíacas, responsáveis pelo transporte sanguíneo, podem sofrer um aumento do volume muscular – causado pela pressão arterial. Quando isso acontece, as paredes do vasos ficam mais largas e, portanto, o centro da câmara diminui, provocando a redução do volume sistólico (de sangue).

“Isso é especialmente ruim porque estamos falando de uma alteração cardiovascular em indivíduos jovens (e obesos) com 20-21 anos que não fazem acompanhamento médico apropriado e provavelmente só vão descobrir o problema duas décadas depois quando o dano for muito maior”, alerta Guilherme Renke, endocrinologista e membro titular da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM).

Diante do espessamento, a principal preocupação dos médicos é a insuficiência cardíaca. Segundo Renke, este quadro surge com a diminuição dos níveis de sangue entrando e/ou saindo do coração, ou seja, ele não bombeia o sangue como deveria, comprometendo a circulação de oxigênio pelo organismo. Por causa disso, pessoas que tem a doença encontram dificuldades em realizar tarefas básicas diárias como subir escadas e, em casos mais graves, tomar banho sozinho.

Outras descobertas

A pesquisa ainda revelou que um IMC mais alto causa maior pressão arterial sistólica (PAS)pressão arterial diastólica (PAD), o que pode danificar as artérias do coração; associadas ao espessamento do músculo cardíaco, a hipertensão arterial dificulta o transporte do sangue pelo corpo, levando à doença coronariana. Especialistas informam ainda que PAD (número inferior) só aumenta em casos graves. Outra descoberta foi o aumento do ventrículo esquerdo, principal câmara de bombeamento do coração e parte da estrutura cardíaca mais comprometido diante do espessamento.

Apesar disso, os cientistas alertam que todos os participantes do estudo eram brancos, portanto, os resultados podem não se aplicar à população em geral. De acordo Renke, outras doenças podem afetar a estrutura cardiovascular de forma similar como hipertensão, tuberculose e sarcoidose – doença que provoca o crescimento de células inflamatórias em diferentes partes do corpo. Alguns fármacos também podem desencadear esse efeito.

Por Veja Saúde

Comments

comments

Continue Lendo

Blog Associado

Blog Associado

FEIRÃO TOP VEÍCULOS 10 ANOS

FEIRÃO TOP VEÍCULOS 10 ANOS

MAIS INFORMAÇÕES CLIK NA IMAGEM!

MAIS INFORMAÇÕES CLIK NA IMAGEM!

PARCEIROS

PARCEIROS

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Arquivos

Leia Também

Copyright © 2019 Jrardim do Agreste