Home > AgroNegócios > FAMÍLIAS AGRICULTORAS DE BELO JARDIM PARTICIPAM DE CAPACITAÇÃO EM SISMA

FAMÍLIAS AGRICULTORAS DE BELO JARDIM PARTICIPAM DE CAPACITAÇÃO EM SISMA Os Sítios: Mimoso Seco; Jucá; Serra Verde, Guaribas, Gravatá, e Algodões na zona rural do município foram beneficiados pelo Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2)

Agricultores e agricultoras que receberam as tecnologias sociais do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2) participaram, no período de 18 a 20 de setembro, de duas capacitações em Sistema Simplificado de Manejo de Água (Sisma) para a produção de alimentos. As capacitações foram realizadas na sede da Associação dos Produtores São Francisco das Chagas, no Sítio Mimoso Seco; e no Sítio Jucá, ambos no município de Belo Jardim.  Participaram dos cursos agricultores (as) dos Sítios Jucá, Serra Verde, Guaribas, Gravatá, Mimoso Seco e Algodões.

WhatsApp Image 2018-09-21 at 11.28.35

O primeiro curso foi ministrado no Sítio Mimoso Seco e contou com a participação de 23 pessoas. O encontro começou com uma mística celebrativa e com a apresentação dos participantes e da programação. Na capacitação, foram abordados temas como a Convivência com o Semiárido, agricultura familiar, o papel da mulher nos processos de produção em quintais produtivos, políticas públicas, as tecnologias sociais, acesso a mercados, entre outros.

WhatsApp Image 2018-09-21 at 11.28.35 (1)

No Sítio Jucá, foram abordados os temas da Agroecologia, Meio Ambiente, sementes nativas e as tecnologias sociais de Convivência com o Semiárido. Foram realizadas durante a capacitação algumas atividades práticas, como a feira para troca sementes crioulas, confecção do mapa da propriedade para identificar as fontes de água existente na comunidade e a confecção de um canteiro e de uma horta.

WhatsApp Image 2018-09-21 at 11.29.02 (1)

O agente Cáritas Pedro Ferreira, que contribui no setor de assessoria técnica, falou nos cursos sobre as etapas do Projeto e enfatizou os elementos referentes à construção dos diagnósticos e a elaboração dos projetos produtivos junto às famílias que serão beneficiadas com o caráter produtivo e o fomento. “A realização das capacitações em SISMA possibilitou a troca de experiência, construção do conhecimento e a interação entre as agricultoras e agricultores daquelas localidades que serão beneficiadas com as tecnologias sociais. O curso foi realizado de forma positiva e irá contribuir para que essas famílias compreendam a importância do projeto”, reforçou.

WhatsApp Image 2018-09-21 at 11.28.59 (1)

O Sisma faz parte da segunda etapa de formação com as famílias que conquistaram as tecnologias sociais do P1+2, projeto da Articulação Semiárido Brasileiro (ASA), e de execução da Cáritas Diocesana de Pesqueira. O curso abrange, entre outras temáticas, as práticas de produção agroecológicas, como metodologias e técnicas de produção adequadas ao Semiárido, manejo de água para irrigação, produção e uso de defensivos naturais.

Por Núcleo de Comunicação da Cáritas Diocesana de Pesqueira

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *