Home > Notícias > Culto marca os 120 anos do Presbiterianismo em São Bento do Una

Culto marca os 120 anos do Presbiterianismo em São Bento do Una A história marca momento importantes no surgimento da igreja no Brasil

Na noite desse domingo (30) a Igreja Presbiteriana realizou um culto em ação de graças pelos 120 anos da presença da entidade em São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco.

Além das igrejas Presbiterianas da zona urbana, o evento também foi realizado pelas igrejas da zona rural, situadas na Jurubeba e na vila do Espírito Santo.

O culto acontece na Praça Cônego João Rodrigues local histórico para a presença da igreja no município, e contou com cerca de 400 fiéis evangélicos.

A história

O presbiterianismo chegou em São Bento em 5 de fevereiro de 1898, através do trabalho do médico e missionário americano George William Butler, pastor da igreja presbiteriana dos Estados Unidos da América (EUA).

No dia 7 de fevereiro deste mesmo ano, um homem da cidade (Negro velho) partiu armado de faca para assassinar o rev. Dr. Butler, o qual não morreu porque Manoel Correia Vilela (Né Vilela) se colocou na frente e foi apunhalado, morrendo na hora, onde hoje é a Praça Cônego João Rodrigues.

Né Vilela é considerado o primeiro mártir do presbiterianismo brasileiro. O fato ganhou repercussão nacional na época, sendo veiculado nos grandes jornais do país.

TV SBUNA

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *