Connect with us
http://jardimdoagreste.com.br/wp-content/uploads/2018/07/728x140.png

Notícias

Horário de verão começa à 0h de domingo; 10 estados e DF devem adiantar relógio em 1 hora Ajuste deve ser feito por moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e vale até 17 de fevereiro de 2019.

Published

on

O horário de verão de 2018 começa na primeira hora deste domingo (4). À meia-noite, os moradores de 10 estados e do Distrito Federal devem adiantar o relógio em uma hora.

O ajuste vale para as regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal) e irá vigorar até o terceiro domingo de fevereiro de 2019 (dia 17).

Neste ano, o horário de verão foi encurtado. Até o ano passado, o horário de verão se iniciava no terceiro domingo do mês de outubro. Em dezembro de 2017, o presidente Michel Temer assinou decreto que encurtou o período de duração do horário de verão, atendendo a pedido do Tribunal Superior Eleitoral, para que o início do horário de verão não ocorresse entre o primeiro e o segundo turno da eleição.

O Palácio do Planalto chegou a informar no início do mês que, a pedido do Ministério da Educação, a entrada em vigor do horário seria adiada para dia 18 de novembro, a fim de não prejudicar provas do Enem, mas acabou decidindo manter a data de 4 de novembro.

Relógios fora de hora

As mudanças na data de início do horário de verão chegaram a causar confusão. No dia 15 de outubro, usuários de telefone celular reclamaram da mudança automática do horário em seus aparelhos para o horário de verão. No Twitter, muitos consumidores reclamaram ter perdido uma hora de sono em pleno retorno de feriado e cobraram explicações da TIM. A maioria relatou ter um iPhone, mas também houve queixas de donos de aparelhos com sistema Android.

Na semana seguinte, mais clientes de operadoras de celular passaram pela mesma situação, em que os relógios de seus aparelhos foram adiantados de forma automática para o horário de verão. Em São Paulo, alguns relógios de rua também foram adiantados e mostravam horário de verão na manhã do domingo (21).

Fim do horário de verão

O fim do horário de verão chegou a ser analisado pelo governo.

Um estudo do Ministério de Minas Energia apontou queda na efetividade da iniciativa, já que o perfil do consumo de eletricidade não estava mais ligado diretamente ao horário, mas sim à temperatura. Os picos de consumo foram registrados nas horas mais quentes do dia.

O Horário Brasileiro de Verão foi instituído pelo então presidente Getúlio Vargas, pela primeira vez, entre 3 de outubro de 1931 até 31 de março de 1932. Sua adoção foi posteriormente revogada em 1933, tendo sido sucedida por períodos de alternância entre sua aplicação ou não, e também por alterações entre os Estados e as regiões que o adotaram ao longo do tempo.

De acordo com o decreto nº 6.558, de 08 de setembro de 2008, modificado pelo decreto nº 9.242, de 15 de dezembro de 2017, a hora de verão fica instituída no Brasil da seguinte forma:

“Fica instituída a hora de verão, a partir de zero do primeiro domingo do mês de novembro de cada ano, até zero hora do terceiro domingo do mês de fevereiro do ano subsequente, em parte do território nacional, adiantada em sessenta minutos em relação à hora legal. No ano em que houver coincidência entre o domingo previsto para o término da hora de verão e o domingo de carnaval, o encerramento da hora de verão dar-se-á no domingo seguinte. A hora de verão vigorará nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal”.

O horário de verão também é adotado em países como Canadá, Austrália, Groelândia, México, Nova Zelândia, Chile, Paraguai e Uruguai. Por outro lado, Rússia, China e Japão, por exemplo, não implementam esta medida.

O Ministério de Minas e Energia disponibiliza um perguntas e respostas sobre o horário de verão.

G1 Caruaru

Comments

comments

Arcoverde

Confira as 47 vagas de emprego disponíveis para esta segunda-feira (18) Oportunidades são para Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Garanhuns, Bezerros e Arcoverde.

Published

on

As Agências do Trabalho estão com vagas de emprego abertas para esta segunda-feira (18) em Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Bezerros, Garanhuns e Arcoverde. No total, são 47 oportunidades.

Em Caruaru, os interessados podem se dirigir até a Rua Padre Antônio Tomáz, número 127, no bairro Maurício de Nassau. O atendimento é das 7h às 13h. O telefone para contato da Agência do Trabalho é o (81) 3719-9480.

Nos demais municípios, os candidatos precisam comparecer a unidade mais próxima da Agência do Trabalho ou acessar o site do Ministério do Trabalho.

Confira as vagas disponíveis:

Arcoverde
Alinhador de pneus – 1
Borracheiro – 1
Mecânico de manutenção de caminhão a diesel – 1

Bezerros
Assistente de vendas – 1
Vendedor interno – 3

Santa Cruz do Capibaribe
Auxiliar administrativo – 1
Atendente balconista – 1
Consultor de vendas – 1
Costureiro, a máquina na confecção em série – 12
Cozinheiro geral – 2
Estoquista – 1
Garçom – 2
Impressor (serigrafia) – 2
Operador de caixa – 1
Pizzaiolo – 1
Serralheiro – 2
Vendedor pracista – 1
Supervisor de vendas comercial – 1

Caruaru
Confeiteiro – 1
Analista de logística – 1
Assistente de logística de transporte – 1
Vendedor pracista – 1
Mecânico de auto em geral – 1
Montador de automóveis – 1
Vendedor interno – 2

Garanhuns
Garçom – 1

Vagas para pessoas com deficiência
Arcoverde
Atendente de farmácia (balconista) – 1
Técnico de enfermagem – 1

Caruaru
Ajudante de obras – 1

G1 Caruaru

Comments

comments

Continue Reading

Arcoverde

Confira as 62 vagas de emprego disponíveis para esta sexta-feira (15) Oportunidades são para Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Belo Jardim, Garanhuns, Bezerros e Arcoverde.

Published

on

As Agências do Trabalho estão com vagas de emprego abertas para esta sexta-feira (15) em Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Bezerros, Garanhuns, Belo Jardim e Arcoverde. No total, são 62 oportunidades.

Em Caruaru, os interessados podem se dirigir até a Rua Padre Antônio Tomáz, número 127, no bairro Maurício de Nassau. O atendimento é das 7h às 13h. O telefone para contato da Agência do Trabalho é o (81) 3719-9480.

Nos demais municípios, os candidatos precisam comparecer a unidade mais próxima da Agência do Trabalho ou acessar o site do Ministério do Trabalho.

Confira as vagas disponíveis:

Arcoverde
Alinhador de pneus – 1
Borracheiro – 1
Gerente administrativo – 1
Enfermeiro do trabalho – 1
Operador de Caixa – 1
Mecânico de manutenção de caminhão a diesel – 1

Bezerros 
Açougueiro – 1
Assistente de vendas – 1
Vendedor interno – 3

Santa Cruz do Capibaribe 
Auxiliar administrativo – 1
Atendente balconista – 1
Consultor de vendas – 1
Costureiro, a máquina na confecção em série – 15
Cozinheiro geral – 2
Estoquista – 1
Garçom – 2
Impressor (serigrafia) – 2
Operador de cad (copista) – 1
Operador de caixa – 1
Pizzaiolo – 1
Serralheiro – 2
Vendedor pracista – 2
Supervisor de vendas comercial – 2

Belo Jardim 
Auxiliar de contabilidade – 1

Caruaru 
Confeiteiro – 1
Assistente administrativo (estágio) – 1
Assistente de logística de transporte – 1
Cozinheiro geral – 1
Impressor flexográfico – 1
Mecânico de auto em geral – 1
Mecânico de refrigeração – 1
Montador de automóveis – 1
Pintor de automóveis – 1
Vendedor interno – 2

Garanhuns
Montador de móveis de madeira – 1

Vagas para pessoas com deficiência
Arcoverde

Atendente de farmácia (balconista) – 1
Técnico de enfermagem – 1

Caruaru 
Ajudante de obras – 1
Recepcionista atendente – 1

G1 Caruaru

Comments

comments

Continue Reading

Notícias

Secretário diz que Bolsonaro aprovou idade mínima de 65 anos para homem e 62 para mulher Marinho destacou que esse foi um meio termo encontrado após uma discussão de quase duas horas entre a equipe econômica e o presidente, no Palácio da Alvorada

Published

on

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, anunciou nesta quinta-feira (14) que o presidente Jair Bolsonaro “bateu o martelo” de que as idades mínimas de aposentadoria na proposta de reforma da Previdência serão de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens, após um período de 12 anos de transição.

Marinho destacou que esse foi um meio termo encontrado após uma discussão de quase duas horas entre a equipe econômica e o presidente, no Palácio da Alvorada.

Bolsonaro queria uma idade mínima de 60 anos para mulheres e 65 anos para homens e uma transição mais longa. Já a equipe do ministro Paulo Guedes defendia idades mínimas iguais em 65 anos para ambos os gêneros e uma transição mais curta, de 10 anos. Segundo Marinho, os detalhes da proposta só serão divulgados na próxima quarta-feira, dia 20, quando o texto será finalmente enviado ao Congresso Nacional. No mesmo dia, o presidente Bolsonaro fará um pronunciamento à nação para explicar a proposta.

Antes disso, a proposta precisa passar por diferentes instâncias dentro do governo para verificar sua adequação jurídica e constitucionalidade. É por isso que o secretário especial informou que ainda pode haver alguma outra mudança na semana que vem, caso os órgãos jurídicos do governo apontem essa necessidade.

Marinho evitou cravar qual será o impacto obtido com a reforma que foi decidida por Bolsonaro. Quando questionado sobre a fala de Guedes de que a proposta precisaria garantir uma economia de R$ 1 trilhão, ele respondeu: “Se o ministro disse…”

O secretário especial fez questão de ressaltar que Bolsonaro vinha sendo atualizado constantemente das discussões em torno da proposta, a não ser o tempo em que ficou internado. A reunião desta quinta ocorre um dia após o presidente receber alta médica e retornar a Brasília.

NE10 Interior – Foto: José Cruz/Agência Brasil

Comments

comments

Continue Reading

Trending

Copyright © 2019 Jrardim do Agreste