Connect with us
http://jardimdoagreste.com.br/wp-content/uploads/2018/07/728x140.png

Avicultura

Avicultura: O ovo em dois jornais da Globo no mesmo dia No jornal Hoje e no Jornal Nacional, duas boas reportagens destacaram o aumento do consumo de ovos no Brasil e a rastreabilidade do produto em Pernambuco.

Published

on

O ovo foi destaque duas vezes nos jornais da Rede Globo no sábado. Primeiro no jornal Hoje, no período da tarde, e no horário nobre, no Jornal Nacional.

No jornal vespertino da Globo, tradicionalmente mais leve, a pauta tratou o ovo como o “filho pródigo”, como se algum dia ele tivesse deixado de frequentar a mesa do brasileiro.

Na reportagem Ovo volta com tudo ao cardápio do brasileiro, a jornalista Elaine Bast fala sobre os carros de ovos nas ruas, que vendem o produto a preços promocionais; entrevista donas de casa para mostrar que são elas que entendem do assunto; mostra a variedade de tipos de ovos nos supermercados – entre eles os caipiras e orgânicos – e ouve especialistas falando sobre o bem-estar animal, as proezas dos benefícios dos ovos e o aumento da produção e do consumo pelos brasileiros.

São respeitáveis 2 minutos e 35 segundos, o que para a TV é um tempo considerável… Para o ovo, é um sinal de respeito, apesar das confusões que ainda se faz com os conceitos de cor da gema associados aos ovos caipiras e tipos de produção e qualidade do ovo.

À noite, no horário nobre, a reportagem do Jornal Nacional destacou a regulamentação da rastreabilidade dos ovos instituída em Pernambuco, agora em janeiro, e a importância que os ovos carimbados têm para a segurança alimentar e o respeito ao consumidor.

Na reportagem Data de produção e origem têm que vir carimbadas nas cascas dos ovos em Pernambuco, a jornalista Beatriz Castro, da Globo, mostra a recente resolução do governo pernambucano de instituir a data de produção e origem diretamente no produto, mostra como isso funciona e entrevista o produtor Fernando Vilela, da Granja Vilela, em São Bento do Una, no agreste pernambucano, onde está localizada a maior produção de ovos do Nordeste.

Veja reportagem sobre o assunto neste site: Pernambuco regulamenta a rastreabilidade do ovo.

Para quem é assinante do Globoplay, os links para assistir às reportagens são:

JORNAL HOJE: Ovo volta com tudo ao cardápio do brasileiro

Ovo volta com tudo ao cardápio do brasileiro

Ovo volta com tudo ao cardápio do brasileiroACESSE: http://jardimdoagreste.com.br/

Posted by Blog Jardim do Agreste on Saturday, February 16, 2019

JORNAL NACIONAL: Data de produção e origem têm que vir carimbadas nas cascas dos ovos em Pernambuco

Data de produção e origem têm que vir carimbadas nas cascas dos ovos em Pernambuco

Data de produção e origem têm que vir carimbadas nas cascas dos ovos em PernambucoACESSE: http://jardimdoagreste.com.br/2019/02/19/avicultura-o-ovo-em-dois-jornais-da-globo-no-mesmo-dia/

Posted by Blog Jardim do Agreste on Tuesday, February 19, 2019

(A Hora do Ovo. Imagens: Reprodução Rede Globo)

 

Comments

comments

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Avicultura

Agralison Victor apresenta projeto para que São Bento do Una se torne Capital do Ovo O deputado estadual apresentou o projeto na Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE) para ser votado e assim conceder o título ao maior produtor do Norte e Nordeste

Published

on

O deputado estadual Aglaison Victor (PSB) apresentou na última segunda-feira (11) o projeto de resolução para que o município de São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco, se torne capital do ovo.

O município é o maior produtor do setor de avicultura na produção de ovo do Norte e Nordeste, colocando o estado de Pernambuco como o 4ª maior produtor no Brasil.

O título se aprovado será um grande reconhecimento a todos avicultores e produtores da cidade que mesmo enfrentando uma grande seca, mantem o volume de produção.

TV SBUNA

Comments

comments

Continue Reading

Avicultura

3 mil galinhas se juntam para matar raposa invasora na França As aves teriam sido responsáveis pela morte de uma raposa jovem em uma fazenda no noroeste da França.

Published

on

Galinhas de uma fazenda-escola no noroeste da França são suspeitas de terem se juntado para matar uma raposa jovem que entrou no local.

O incidente inusitado ocorreu na região francesa da Bretanha. A raposa entrou num galpão onde viviam cerca de 3 mil galinhas, através de uma portinhola automática, que se fechou logo depois de sua passagem.

“As galinhas agiram levadas por um instinto de manada, e atacaram a raposa com bicadas”, diz Pascal Daniel, diretor da escola agrícola Gros-Chêne.

O corpo da pequena raposa foi encontrado no dia seguinte, num canto do galpão.

“Tinha marcas de bicos por toda parte, do pescoço para baixo”, disse Daniel à agência francesa de notícias AFP.

A fazenda abriga cerca de seis mil galinhas criadas soltas. Elas ocupam um espaço de pouco mais de dois hectares de terra.

O galpão onde elas vivem permanece aberto no período diurno, e a maioria das galinhas passa o dia do lado de fora, segundo a AFP.

G1

CURTA NOSSA PÁGINA CLICANDO NA IMAGEM A BAIXO…

Comments

comments

Continue Reading

Avicultura

Falta de energia mata mais de 50 mil frangos e prejuízo passa de R$ 300 mil no ES. No interior das granjas, há dezenas de ventiladores, que funcionam com eletricidade e nenhum morador havia sido comunicado sobre a interrupção.

Published

on

Foram pouco mais de quatro horas de interrupção no fornecimento de energia na região da Cascata do Galo, em Domingos Martins – ES, mas o suficiente para causar a morte de mais de 40 mil frangos, conforme lamenta o avicultor Silvestre Santana, 37 anos.

No interior das granjas, segundo o granjeiro Silvestre, há dezenas de ventiladores, que funcionam com eletricidade. Segundo ele, a energia foi suspensa por volta de 10 horas deste sábado (09), e nenhum morador havia sido comunicado sobre a interrupção.

Ao meio dia deste sábado, segundo Silvestre, os eletricistas da empresa fornecedora de energia elétrica continuavam com as reparações do sistema de fornecimento elétrico em parte de Domingos Martins, enquanto o quantitativo de frangos mortos aumentava a cada momento.

Frango morto 02

“Em uma das granjas, que alojava 32 mil frangos, apenas cerca de dois mil conseguiram sobreviver. Ao todo, calculo que morreram aproximadamente 50 mil frangos, causando um prejuízo de uns R$ 300 mil. Juntamente com a empresa a qual sou parceiro na criação, vamos acionar a justiça para buscar o ressarcimento do nosso prejuízo”, adiantou o avicultor.

Diversos caminhões cheios de frangos mortos deixarão de ser vendidos e serão descartados, segundo o granjeiro. Ele ressalta ainda que os colegas de trabalho da mesma região estavam desesperados e tentavam de todas as formas improvisarem a queda de temperatura para evitar a morte das aves.

No interior dos galpões, segundo o granjeiro, a temperatura superou os 40 graus e isso torna impossível para os frangos se manterem vivos devido ao aumento da produçao de amônia, disse o produtor.

Segundo Silvestre, os frangos que morreram seriam comercializados na próxima terça-feira. “Estou aguardando a chegada de uma veterinária e vamos abrir buracos e enterrar essas aves mortas. É uma cena lamentável e um descaso da EDP. Se tivéssemos sido informados, teríamos providenciado geradores de energia para o período que ficamos sem o fornecimento elétrico. Serão pelo menos dois dias de trabalho para o descarte das aves mortas”, lamentou.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a EDP informou que “falha na rede que abastece pontos de Domingos Martins interrompeu a energia para parte dos clientes da região. Equipes trabalharam para restabelecer o sistema, que foi normalizado de forma gradativa. Às 14h14, todo o serviço foi restabelecido”.

Montanhas Capixabas

Comments

comments

Continue Reading

Trending

Copyright © 2019 Jrardim do Agreste