Connect with us
http://jardimdoagreste.com.br/wp-content/uploads/2018/07/728x140.png

Destaques

Padre Wellington Vilar toma posse como novo pároco de São Bento do Una A missa foi marcada por homenagens e emoções. Presença de Fieis de Águas Belas, Correntes, Panelas. Sacerdotes da Diocese de Garanhuns, familiares, amigos e amigas de várias partes.

Published

on

A Paróquia Bom Jesus dos Pobres Aflitos, em São Bento do Una – PE, recebeu seu novo pároco: Pe. Welington Vilar de Araújo.  Pe. Cícero Fèlix da Silva (Vigário Geral da Diocese de Garanhuns) presidiu a Celebração da Santa Eucaristia às 19.30h desta sexta-feira, dia 08 de março.

No momento do rito de posse, além da leitura da provisão, o Vigário Diocesano entregou a Pe. Welington a estola e as chaves da Igreja Matriz. Depois. Como forma de gratidão e reconhecimento a  Pe. Welington estiveram presentes à celebração dezenas de fieis da Paroquia de Nossa Senhora da Conceição da cidade de Aguas Belas e Correntes. Seminaristas da Diocese de Garanhuns, além de sacerdotes, familiares, amigos e amigas de várias partes.

A prefeita de São Bento do Una, Débora Almeida, usou da fala para desejar boas vindas ao Padre Welington. O presidente da Câmara vereador André Valença, o vereador Bruno Braga entre outras autoridades acompanharam a missa.

Teve homenagem dos fieis da Paroquia de Nossa Senhora da Conceição da cidade de Aguas Belas, onde o Padre Welington esteve a frente antes de vir para São Bento do Una.

O novo padre substitui o Padre Fabio Cavalcante que pediu afastamento do ministério presbiteral e renúncia da função de pároco da Paróquia de Senhor Bom Jesus dos Pobres Aflitos, em São Bento do Una, acontecida no dia 1º de fevereiro de 2019.

Pe. Wellington Vilar é natural da cidade de Panelas e na sua terra natal esteve afrente da paroquia do Bom Jesus dos Remédio.

Em sua fala, Pe. Wellington lembrou da sua passagem por São Bento há 19 anos quando era seminarista, disse está ciente dos trabalhos e importância da paróquia e dedicação dos fieis. Agradeceu aos fiéis que lotaram a Igreja e as comunidades de outras paróquias que marcaram presença, e aos seus familiares, destacando os seus pais. 

Mais fotos na pagina https://www.facebook.com/Blog-Jardim-do-Agreste-495676443829419/

Posted by Blog Jardim do Agreste on Saturday, March 9, 2019

Comments

comments

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Belo Jardim

Bloco Cirúrgico do Hospital JAL em Belo Jardim é reaberto! O Hospital e os pacientes também receberam a visita do Prefeito Hélio dos Terrenos que junto com Sec. de Saúde acompanhou as cirurgias.

Published

on

Com muita expectativa as pessoas que estavam à espera de uma cirurgia, receberam a excelente notícia da reabertura do BLOCO CIRÚRGICO do Hospital Júlio Alves de Lira em Belo Jardim (PE), nesta manhã de sábado (23), inclusive com diversas cirurgias realizadas. Até o presente as seguintes cirurgias: histerectomia, colecistectomia, hérnia umbilical, glândula bartholinite. Dando início ao nosso círculo de cirurgias.

A felicidade da grande notícia contagiou a todos que fazem a família Júlio Alves de Lira, pois para quem atua como profissional de saúde, sente o prazer em ver rostos felizes de pessoas que deixaram a fila de espera.

“Não tenho palavras para descrever minha emoção, pois tenho mais de 20 anos como profissional desta área e hoje, me sinto honrado em dirigir a saúde de nosso município, saber que encontramos esse bloco cirúrgico em ruína e agora, entregar ele totalmente restaurado, foi preciso ouvir as críticas calado, mas sabia que Deus estava no comando e a confiança de nossa equipe com o apoio desse prefeito incansável chamado Hélio dos Terrenos, está devolvendo a cidade ao seu lugar de destaque, pois sei de como ele recebeu Belo Jardim, sinto orgulho em fazer parte da equipe dele”. Finalizou Zé Pereira, Secretário de Saúde.

O Hospital e os pacientes também receberam a ilustre visita do Prefeito Hélio dos Terrenos que fez questão de chegar cedinho mesmo sendo sábado para acompanhar as cirurgias.

Em suas palavras o Prefeito desabafou: “Escuto críticas de uma oposição de que geriu esse hospital e me entregou-o fechado, além de uma cidade em ruínas, mas não me curvei e nem me curvo a homem nenhum e graças a Deus, graças aos esforços de uma equipe aguerrida de muitas Marias e muitos Josés, pessoas, simples, homens e mulheres tiradas do meio do povo, estamos juntos governando nossa cidade, não escolhi medalhões, escolhi o povo e com esse povo que governo. Hélio continuou, hoje, é mais um dia histórico, é o dia em que o filho do pobre ou do rico, não importa sua conta bancaria, se precisar de uma cirurgia dentro de nossas competências, poderemos realizar “.

O prefeito ainda visitou enfermarias e em especial a ala dos berçários, onde a dezena de novos belo-jardinenses que nasceram dentro do nosso hospital estavam com suas mamães.

O povo nos corredores do hospital, além dos profissionais de saúde e médicos, todos eram só elogios ao Prefeito Hélio dos Terrenos.

Comments

comments

Continue Reading

Destaques

Chuva forte em São Bento do Una faz açude sangrar pela primeira vez em anos As chuvas que também atingiram a nascente do Rio Una, que fica no município vizinho de Capoeiras, e por isso, o Açude Velho sangrou

Published

on

Moradores de São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco, respiraram aliviados após anos castigados pela seca. Na madrugada deste sábado (23), o Açude Velho, que tem a nascente em Capoeiras, limite com São Bento do Una, sangrou após chover 40,67 milímetros no município, de acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac).

Segundo o diretor de cultura da Prefeitura de São Bento do Una, Ailton Campos, há anos o açude não sangrava porque o paredão estava rachado. “Quando chove forte em Capoeiras, nós ficamos na expectativa, mas há vários anos não sangrava por conta do paredão rachado. O Açude Velho é um patrimônio aqui da cidade”, afirmou. Ailton, que mora há mais de 50 anos em São Bento do Una, destacou que a chuva começou por volta da meia-noite e 55 minutos depois, o açude começou a sangrar.

“No centro de São Bento não choveu. Quando o pessoal que mora em Capoeiras disse que estava chovendo, nós achamos estranho. Há anos a gente sofre com a seca e hoje a cidade está em festa. No passado, o Açude Velho era como uma praia para os moradores daqui”, completou o diretor, que também é poeta e escreve sobre as belezas do município.

Veja o momento em que o açude começou a sangrar

Previsão do tempo

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão para Capoeiras e São Bento do Una é de tempo nublado a parcialmente nublado com pancadas de chuva isolada ao longo deste sábado. Já a previsão deste domingo (24) para os dois municípios é de céu encoberto por nuvens e chuvisco.

Açude Velho, em São Bento do Una, sangrou pela primeira vez em vários anos ( JC Oline)

Comments

comments

Continue Reading

Destaques

MPPE: Prefeitura de São Bento do Una precisa elaborar projeto para normatizar serviço de táxi A Prefeitura tem dez dias para prestar informações ao MPPE acerca das providências adotadas, sob pena de serem tomadas as medidas cabíveis, inclusive pela via judicial.

Published

on

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou à Prefeitura de São Bento do Una que encaminhe um projeto de lei para Câmara de Vereadores sobre a normatização do serviço de interesse público de transporte individual de passageiros em veículo automotor leve, mediante pagamento de tarifa estabelecida pelo poder público. No projeto também deve constar a exigência de padronização dos táxis, de modo que todos exibam caracteres ou expressão literal de que aquele veículo é efetivamente táxi, bem como a obrigatoriedade de utilização de taxímetro, nos termos do art. 8º da Lei Federal 12.468/2011.
Segundo o promotor de Justiça Jorge Dantas Júnior, os táxis em São Bento do Una não são padronizados. “Não é adequada a comunicação visual, circunstância que pouco contribui para a segurança do taxista e para a segurança e comodidade do usuário do serviço”, comentou ele.
O promotor também frisou a inexistência de uma Lei Municipal disciplinando o serviço de transporte individual de passageiros em veículo automotor leve, mediante tarifa. “Compete às autoridades municipais promoverem normas que propiciem uma maior competitividade entre os agentes do mercado de modo a aumentar a qualidade e a segurança dos serviços de táxi e, fundamentalmente, proporcionar aos consumidores tarifas mais baixas sem perda de rentabilidade para os agentes eficientes do mercado, dando cumprimento ao mandato constitucional da livre concorrência e livre iniciativa”, esclareceu Jorge Dantas Júnior.
A Prefeitura tem dez dias para prestar informações ao MPPE acerca das providências adotadas, sob pena de serem tomadas as medidas cabíveis, inclusive pela via judicial.

Comments

comments

Continue Reading

Trending

Copyright © 2019 Jrardim do Agreste