Belo Jardim: Clínica Veterinária municipal Vitória-Brenda atende mais de 180 animais com castração e tem meta de ser a primeira cidade do interior a reduzir a natalidade dos animais

Belo Jardim: Clínica Veterinária municipal Vitória-Brenda atende mais de 180 animais com castração e tem meta de ser a primeira cidade do interior a reduzir a natalidade dos animais

181 procedimentos cirúrgicos para castração de gatos e cachorros, em pouco menos de três meses, foram realizados pela Clínica Veterinária Municipal Vitória-Brenda. Um número expressivo tendo em vista que a superpopulação de animais domésticos é algo pouco falado em Belo Jardim, mas que é relevante para a saúde pública, pois representa um risco para a saúde humana e dos animais, podendo agravar doenças zoonóticas (doenças transmitidas de um animal infectado para os seres humanos), como, por exemplo, a raiva.

A gestão Gilvandro Estrela se comprometeu em ter um olhar diferenciado para as questões animais e iniciou com as operações dos bichinhos de maneira eficiente, com qualidade e segurança. Nas terças e quintas, às castrações são realizadas por um médico veterinário garantindo que o animal está sendo monitorado e bem assistido. Já outro veterinário, de segunda à sexta, realiza o atendimento clínico e faz a anamnese e orientação sobre os cuidados prévios/pós cirurgia, repassados ao dono do animal anteriormente.

O descontrole populacional de gatos e cachorros pode causar doenças nos bichos e em humanos e, claro, ainda desperta sobre questão do abandono. A maior parte deles não consegue um lar, procriando, permanecendo doentes, com sede, fome, sem abrigo, correndo riscos de serem atropelados e sofrerem maus tratos.

De acordo com a coordenadora da Clínica, Aracelly Pimentel, o trabalho e empenho de toda a equipe é para que Belo Jardim seja a primeira cidade de Pernambuco a bater mais de 1000 castrações ainda em 2021. “Está dentro dos objetivos e metas a serem atingidos pela equipe, reduzir pela metade o problema de natalidade no município, proporcionando qualidade de vida para nossos amiguinhos de pelos”, disse Aracelly.

Além desse, há outras ações em andamento para tornar a causa animal em destaque na sociedade, como implantação da “Semana animal” no calendário Municipal; Parceria com secretaria de Saúde para palestras com foco nos profissionais de saúde e gestantes para alertar sobre os riscos da Toxoplasmose; competição de redação em parceria com a secretaria de educação com tema sobre atualizações de leis de proteção animal; Solicitação para a volta da vacinação antirrábica junto pelo Governo do Estado e parceria com autoridades policiais no combate de crueldade contra animais.FacebookTwitterLinkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.