PM encerra rinha de galo e prende três pessoas em Tacaimbó

PM encerra rinha de galo e prende três pessoas em Tacaimbó

Policiais Militares do 15° Batalhão, encerraram uma rinha de galo nesse domingo (1°), no sítio Forno Velho, em Tacaimbó, no Agreste. Três homens apontados como responsáveis pelo evento, tentaram fugir, mas, terminaram presos por maus-tratos a animais. No local, 11 galos foram resgatados. Diversos materiais utilizados nas rinhas, como esporas e protetores de bico também foram apreendidos.

De acordo com o boletim da PM, os militares realizavam ronda na localidade, quando observaram uma movimentação suspeita com a presença de motocicletas de outras cidades e barulhos de torcida. Ao proceder com a abordagem, os PMs identificaram que no local, estava sendo realizada a rinha de galo.

Os acusados foram conduzidos a Delegacia de Polícia Civil de Belo Jardim, onde todos foram imputados com um Auto de Prisão em Flagrante Delito (APFD).

A prática de rinha de galo é considerada crime ambiental. Pessoas que estejam envolvidas em atos de abuso e maus-tratos, contra animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos podem ser penalizadas com detenção, de três meses a um ano, e multa. A pena será aumentada em caso de morte do animal.

Bj1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.