Alunos da AEB podem concorrer a vagas do Prouni Pernambuco


A Autarquia Educacional de Belo Jardim (AEB) informa que está aberto o processo para concorrer às bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni), promovido pela Secretaria de Ciência e Tecnologia de Pernambuco (SECTI). Alunos que estiverem matriculados em qualquer semestre de um curso superior podem se inscrever para as 1.000 vagas disponíveis até o próximo dia 1º de março, no site da SECTI: https://prouni.secti.pe.gov.br/.

Para concorrer é necessário que alunos tenham feito todo o ensino médio em escolas públicas ou ainda particulares, desde que tenha sido com bolsas integrais. Os professores das redes públicas sem curso de graduação, também podem participar do processo. É preciso possuir nota do Enem da edição de 2018 ou 2019, e estar regularmente matriculado em um dos cursos de graduação: Administração, Ciências Biológicas, Enfermagem, História, Letras, Matemática e Pedagogia. De acordo com o edital, apenas os cursos citados passaram pelo exame do Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior (SINAES) e estão aptos a concorrer às bolsas.

Através do ProUni Pernambuco, os estudantes selecionados receberão bolsa mensal no valor de R$500, depositado direto em sua conta pessoal. Em compensação, os educandos selecionados vão cooperar nos projetos de iniciação científica, extensão universitária ou estágio nas instituições parceiras.

“O Prouni Pernambuco se configura numa oportunidade ímpar para os estudantes dos nossos cursos de graduação, pois a bolsa do governo do estado destinada aos estudantes dos cursos aprovados vai acompanhá-los até o final do curso. A contrapartida dos estudantes aprovados é muito fácil de ser cumprida, pois o programa está com novos moldes. Aproveito essa oportunidade para incentivar a participação do educando na seleção para o ProUni Pernambuco”, disse o professor Everaldo Santos, responsável pela coordenação do curso de pedagogia da AEB.

Para os estudantes de baixa renda é uma ótima oportunidade para auxiliar na qualificação profissional. Aos que conquistarem a bolsa, o MEC elaborou o Manual do Bolsista Prouni, como forma de orientação aos bolsistas sobre seus direitos e deveres ao longo da graduação. No site, também está disponível o cadastro para o candidato saber se está apto a receber a bolsa oferecida pelo programa. Lembrando que só é permitida a participação de estudantes no processo que tenham a renda familiar até três salários mínimos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.