Após comoção, pesquisa sinaliza que Marília pode ganhar

Genecy Mergulhao
Genecy Mergulhao
Após comoção, pesquisa sinaliza que Marília pode ganhar

A pesquisa divulgada hoje pela Potencial em Pernambuco traz dois pontos interessantes a serem observados. O primeiro diz respeito à corrida presidencial. Lula não ganhou e nem perdeu votos. Já em relação a Bolsonaro, que no primeiro turno obteve em torno de 29% dos votos, a pesquisa aponta um crescimento acima da margem amostral, em torno de 4,0 pp, crescimento de pouco mais de 10% no Estado.

Pode parecer pouco, mas na realidade não é. Se esse crescimento ocorrer em outros Estados do Nordeste, por exemplo, é um ganho significativo no geral. Isso porque em Pernambuco e no Nordeste como um todo, há uma concentração de eleitores de Lula muito grande, e este eventual crescimento pode fazer a diferença para o presidente no dia da eleição.

O outro ponto é que, na disputa para o Governo do Estado, com o passar do tempo, a comoção que os eleitores tiveram com a morte do marido da candidata Raquel Lyra pode estar perdendo a força inicial.

Acrescentando à análise, os resultados das duas pesquisas divulgadas pela Real Time Big Data e agora com a da Potencial, fica claro uma rápida aproximação da candidata Marília, que mostra recuperação e pode voltar à liderança como aconteceu no primeiro turno.

Considerando às pesquisas já divulgadas para a disputa do segundo turno, Marília pode protagonizar uma virada nos próximos dez dias da reta final da campanha.

A pesquisa da Potencial mostra as seguintes estimativas de intenção de voto: Raquel Lyra com 51,1% e Marília Arraes com 44,2%, uma diferença de 6,9 pontos percentuais (pp) entre as candidatas. Fazendo a adequada interpretação dos resultados, isto é, considerando as informações do registro (PE-07371/2022) no TSE – TRE/PE (nível de confiança de 95% e a margem amostral de 3,1 pontos percentuais) para determinação dos intervalos de confiança, a diferença entre as candidatas pode variar de 0,7 a 13,1 pontos percentuais.

Significa dizer que, tecnicamente, por uma diferença muito pequena, bem perto de um cenário de empate no limite da margem amostral para a disputa pelo Palácio do Campo das Princesas. Porém, são evidentes os sinais de recuperação que a candidata Marília Arraes apresenta, analisando os levantamentos divulgados até então.

Existem chances reais de uma reviravolta nos últimos dias antes da eleição.

Blog Magno Martins

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anuncie Aqui

Banner (1080 x 1080 px)

Anuncie Aqui

Banner (1080 x 1080 px)
Útimas Notícias
Categorias

[GRÁTIS] 10 FORMAS DE GANHAR R$ 1.000 EM 7 DIAS

Baixe nosso ebook gratuitamente e comece a trilhar o caminho rumo ao seu sucesso financeiro!