BALANÇO: Superação, articulação e diálogo marcam primeiro ano de Débora Almeida na ALEPE

Genecy Mergulhao
Genecy Mergulhao
BALANÇO: Superação, articulação e diálogo marcam primeiro ano de Débora Almeida na ALEPE

Mesmo sendo uma mulher originária da política interiorana, enfrentando com firmeza o machismo, a discriminação e violência política que infelizmente ainda subsiste na atividade, a deputada estadual mais bem votada dentro do PSDB vem conseguindo um protagonismo sem precedentes na Assembleia Legislativa.  

Durante pré-campanha e campanha eleitoral, mesmo sendo procuradora federal concursada e posteriormente prefeita de São Bento do Una, Débora Almeida (PSDB), ainda sentiu na pele o preconceito dos tradicionais políticos que dominavam a cena regional. Apostas de que não conseguiria votos suficientes para sua eleição, críticas vazias e tentativas de intimidação no entanto não conseguiram retirar seu foco e intensidade da agenda que a fizeram ganhar espaço e respeito dentro e fora da selva política. Segundo uma pesquisa do Instituto Política de Saia – Mapeando a Violência Política Contra Mulheres,  (https://www.justicadesaia.com.br/), mais da metade das mais de 1.190 mulheres entrevistadas (51%) passaram por situações de violência e/ou discriminação sendo eleitoras ou mulheres no exercício de seu mandato.

Superando adversidades e finalizando agora em Dezembro de 2023 seu primeiro ano na ALEPE, Débora vem se notabilizando como um dos nomes fortes da 20ª legislatura, iniciada em 02 de Fevereiro deste ano e que vem a alçando a espaços respeitáveis entre seus pares. Já no início do seu mandato, a saobentense chegou a ser cotada para assumir uma das vagas de Conselheira que seriam disponibilizadas no Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE), sendo apontada inclusive como o nome preferido pela Governadora Raquel Lyra para ocupar aquela vaga. A tucana no entanto e sabiamente declinou do convite, já que compreendeu o tamanho da sua responsabilidade e compromisso assumida nas urnas perante a população. Isso deu maior envergadura e visibilidade à sua recém iniciada trajetória legislativa.

Débora tornou-se a primeira mulher a ocupar o cargo de Presidente da cobiçada Comissão de Finanças, Orçamento e Tributação (CFOT), além de integrar diversas outras Comissões da Casa de Joaquim Nabuco, como a titularidade na Comissão de Constituição, Legislação e Justiça (CCLJ) e suplência na Comissão de Desenvolvimento Econômico e Turismo (CDET) e na Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher (CDDM). Recentemente foi incluída como membro da Frente Parlamentar  de Enfrentamento à seca e Frente de Apoio ao Sistema de Saúde dos Militares Estaduais de Pernambuco, instituídas pelos Atos 1078/23 e 1079/23, respectivamente.

Do ponto de vista político-partidário, Débora Almeida assumiu no final de Novembro último, a vice-presidente estadual do PSDB em Pernambuco.

MANDATO PRODUTIVO – No cargo de Deputada Estadual, Débora Almeida vem sendo autora de dezenas de indicações e Projetos de Lei que visam, em sua totalidade, atender demandas das populações interioranas.

Utilizando o codinome de ‘A Voz do agreste’, por ter sua origem naquela região, no entanto a parlamentar não se furtou em atender demandas dos demais recantos do estado, reconhecendo a votação que obteve em 169 dos 184 municípios pernambucanos.

Conhecedora das necessidades dos pequenos e médios produtores rurais e empreendedores dos mais diversos setores da economia, a parlamentar apresentou projetos em defesa de pautas que vão desde a manutenção do fabrico de esporas, importante atividade exercida por artesãos de Cachoeirinha no agreste meridional, até a intermediação com a Governadora Raquel Lyra – à qual foi apoiadora de primeira hora, – na  infraestrutura  de estradas, rodovias e barragens da Zona da Mata ao sertão do estado, sem esquecer indicações para áreas da saúde e da educação.

Para fechar o último período legislativo do ano, recentemente, após intenso debate na Comissão de Finanças que preside, Débora conquistou ao lados dos seus pares e perante uma oposição ferrenha, como Relatora Final, vitória expressiva para os pernambucanos, com a aprovação, após emendas, da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), Lei Orçamentária Anual (LOA) e Lei do Plano Plurianual (PPA), matérias vindas do Governo. Confrontando respeitosamente alguns colegas, quando necessário para observância da importância de aprovação daquela pauta para a população, a deputada imprimiu também na ALEPE de forma coerente, o seu estilo de fazer política com conciliação, mas mantendo o necessário rigor no cumprimento das leis e na condução dos trabalhos.  

BALANÇO DO MANDATO

O Gabinete 105 da Alepe, que abriga Débora Almeida e seu corpo técnico, emitiu neste final de ano uma publicação na qual constam as principais atividades parlamentares exercidas durante este primeiro ano da 20ª legislatura, demonstrando uma dinâmica atuação: Com 100% de presença nas reuniões plenárias, a deputada participou de 369 Relatorias, foi autora de 213 indicações, 29 requerimentos e 14 projetos. Além de ter colocado seu mandato às mais diversas causas sociais do estado, a tucana trabalhou em defesa da agricultura, avicultura, suinocultura, pecuária de leite e de corte, das mulheres e da educação, do Agreste, Sertão e de todo Pernambuco. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anuncie Aqui

Banner (1080 x 1080 px)

Anuncie Aqui

Banner (1080 x 1080 px)
Útimas Notícias
Categorias

[GRÁTIS] 10 FORMAS DE GANHAR R$ 1.000 EM 7 DIAS

Baixe nosso ebook gratuitamente e comece a trilhar o caminho rumo ao seu sucesso financeiro!