Capoeiras completa 57 anos de Emancipação Política hoje

  • By Luiz Silva
  • 21 de dezembro de 2020
  • 0
  • 422 Visualizações

Localizado no Agreste de Pernambuco, o município de Capoeiras completa 57 anos de Emancipação Política nesta segunda-feira, 21/12/2020, feriado municipal. 

O município é conhecido por realizar uma das maiores feiras livre do Estado, por sua famosa feira de gado, pelo excelente queijo-coalho aqui produzido, pelas nascentes dos Rios Una e Canhoto, e por sua gente hospitaleira e ordeira.

Neste domingo (20), a Missa das 09:00hs, na Matriz de São José, foi celebrada em Ação de Graças pelos 57 anos do município.

Atualmente o município de Capoeiras é administrado pela prefeita Neide Reino (PSB), que encerra seu segundo mandato no próximo dia 31/12/2020. Filha do ex-prefeito Manoel Reino, Neide Reino, Neide Reino é a primeira mulher eleita prefeita do município, antes dela, 08 homens ocuparam o cargo. 
A prefeita Neide Reino parabeniza Capoeiras e seus munícipes na passagem dos 57 anos de Emancipação Política!

O primeiro prefeito foi Álvaro Tenório de Almeida; depois, José Soares de Almeida, que ocupou o cargo por três vezes; e teve José Valtaso de Macedo que foi sucedido por Manoel Reino da Silva; Antônio Carlos Vieira e Aluísio Cabral também passaram pela prefeitura; e mais recentemente foram prefeitos: Maurilio Rodolfo Tenório de Souza – Neném (dois mandatos); Luiz Claudino de Souza – Dudu; e Neide Reino (dos mandatos).

Feira livre

Ainda teve o atual vice-prefeito Júlio Valença (Juju) que ocupou o cargo durante alguns dias.

Monumento a Frei Damião e o Portal de Entrada da cidade

O próximo prefeito de Capoeiras a partir se 1º/01/2021 ainda é uma incógnita em razão do candidato mais votado nas eleições de 2020, haver concorrido tendo sua candidatura ‘sub judice’.

Sobre o município de Capoeiras:

História

O nome Capoeiras é de origem indígena. Provém do vocábulo – Capoeirã – relativo a “mato-frio”, sendo corrigido para Capoeiras. Conforme Lei Municipal de 21 de dezembro de 1901, foi criada a vila de Capoeiras, ficando como 3º distrito de São Bento do Una.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Capoeiras, pela lei municipal nº 31, de 24-12-1901, subordinado ao município de São Bento. Elevado à categoria de município com a denominação de Capoeiras, pela lei estadual nº 4998, de 21-12-1963, desmembrado de São Bento do Una. Instalado em 08-07-1964. 

Localização

Localiza-se a uma latitude 08º44’05” sul e a uma longitude 36º37’36” oeste, estando a uma altitude de 888 metros. Sua população estimada em 2009 era de 19.936 habitantes.

Possui uma área de 344,39 km².

A área do município localiza-se na unidade geoambiental do Planalto da Borborema. A vegetação compõe-se de florestas subcaducifólica e Caducifólica, características do agreste.

O município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005. Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico inferior a 800 mm, o índice de aridez até 0,5 e o risco de seca maior que 60%.

O clima é Tropical Chuvoso, com verão seco. As chuvas concentram-se nos meses de janeiro/fevereiro até setembro/outubro.

Capoeiras está inserido nos domínios das Bacias Hidrográficas dos Rios Una, Mundaú e do Grupo de Bacias de Pequenos Rios Interiores. Os principais tributários são o Rio Una e os riachos do Mimoso, do Mocambo, Pau-Ferro, da Pracinha, Bom Destino, do Mel, Do Meio e São Pedro, todos de regime intermitente. O município conta com os açudes Gurjão (4.700.000 m³) e Cajarana (2.594.000 m³).

Fonte: IBGE

Blog Capoeiras

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.