Em agenda pelo Nordeste, Eduardo Leite (PSDB) visita Paulo Câmara (PSB) e Raquel Lyra (PSDB)

  • By Luiz Silva
  • 4 de agosto de 2021
  • 0
  • 238 Visualizações

Diário PE: Fortalecendo a sua campanha pelo Nordeste, pré-candidato à presidência pelo PSDB, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, deve aterrissar em solos pernambucanos no próximo dia 14. Entre os nomes que devem se encontrar estão o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), e a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), que preside a sigla no estado. 
Segundo aliados, a agenda de Leite no estado ainda está sendo fechada e deve passear por socialistas e até mesmo representantes do PT. “Ele (Leite) vai conversar com quem estiver aberto ao diálogo. A agenda ainda está em construção, mas já é certo que ele vai ter encontro com líderes do PT e com o próprio governador (Paulo Câmara)”, assinalou fonte à reportagem. 

No encontro com Paulo Câmara, o presidenciável deve pedir apoio do socialista à sua candidatura. É o que assusta os auxiliares do socialista e pontua os tucanos. Já com Raquel, segundo adiantou representante tucano, Leite chega “na tentativa de fortalecer o seu palanque na cidade natal dela”, referindo-se a Caruaru, no Agreste, e deve engrenar em busca de apoio em outros pontos do estado, a exemplo da capital pernambucana – local onde poderá se reunir com o prefeito João Campos (PSB). 
O nome de Leite, segundo aliados, ganhou maior proporção ao ter dito, publicamente, que era LGBTI+. “Ele já possuía o desejo de concorrer pelo PSDB, mas, o pontapé foi dado assim que ele decidiu explicitar, na TV Globo, a sua orientação sexual”, frisou aliado ao tucanato. 
Revelação
Em entrevista à TV Globo, pouco tempo antes de iniciar sua agenda, o governador Eduardo Leite (PSDB) assinalou que era um “governador gay e não um gay governador”, fazendo alusão ao governo de Barack Obama nos Estadus Unidos ao complementar que “tanto quanto o Obama, nos Estados Unidos, não foi um negro presidente, foi um presidente negro”. A fala, portanto, foi um marco na política brasileira. Afinal, foi a primeira vez que um governador, do sexo masculino, em exercício assumiu ser homossexual. Além de Leite, a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT) é abertamente lésbica. 
Ao programa Conversa com Bial, ele pontuou que “agora, como a minha participação nessa política nacional, nesse debate nacional começa a despertar talvez maiores ataques por conta de adversários, alguns vêm com piadas, ilações, como se eu tivesse algo a esconder. Pois bem, que fique claro, não tenho nada a esconder”. E acrescentou que sente orgulho de poder dizer sua orientação sexual em cadeia nacional. “Tenho orgulho dessa integridade de poder aqui dizer também sobre a minha orientação sexual, quem eu sou, embora devêssemos viver num país em que isso fosse uma não-questão, mas, se é, está aqui claro”, disparou o tucano. 
Andanças
Há um mês atrás, após confirmar sua disposição de disputar internamente a prévia do PSDB para a escolha do candidato à presidência, Leite (PSDB) iniciou sua campanha por Brasília, no dia 04 de julho. No Nordeste, deve iniciar em agosto. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.