Empreendedora produz queijos artesanais e vira inspiração para outras mulheres da sua região

Genecy Mergulhao
Genecy Mergulhao
Empreendedora produz queijos artesanais e vira inspiração para outras mulheres da sua região

Dona de uma queijaria no Agreste pernambucano, Leandra Bezerra conta que as pessoas perguntam sobre os segredos do agronegócio

Uma história de luta e empreendedorismo que mostra a força da mulher: assim pode ser definida a trajetória de Leandra Bezerra da Silva, 34 anos, proprietária da Queijaria Santa Sofia, localizada em Canhotinho, no Agreste pernambucano. Com muita determinação e vontade de aprender, ela transformou o seu talento culinário em um negócio de sucesso. O delicioso queijo coalho que Leandra Bezerra fazia em casa para o consumo da família e dos amigos se transformou na Queijaria Santa Sofia, que agora oferece produtos como doce de leite e manteiga de garrafa, além de queijo coalho maturado e temperado.

A história de Leandra como empreendedora começou com a produção de queijos que fazia para a família e para as visitas que recebia em casa. Foi quando ela percebeu que as pessoas gostavam do seu produto e a questionavam por que ela não vendia os queijos para ter uma renda. A ideia se tornou realidade em 2018, com a venda do produto para pessoas próximas. Em 2020, o negócio foi ampliado para outros clientes.

“Veio a pandemia, e o leite ficou abaixo do preço de mercado. Então, eu resolvi produzir queijos com o leite da semana e divulgar para ver se daria certo. E deu. Por algum tempo, eu continuei produzindo na minha cozinha até conseguir construir um cantinho. Assim que dei início à obra, a Prefeitura de Canhotinho entrou em contato para uma parceria com o Sebrae, por meio do programa ALI Rural. Então, eu aceitei participar com o projeto de adequação e assessoria“. 

Segundo ela, o negócio começou a ficar mais conhecido depois da divulgação dos produtos em redes sociais como o Instagram. “Foi aí que as pessoas conheceram meus produtos e eu passei a vender mais. E depois, no ano passado, quando ganhei o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios na categoria Produtora Rural, eu alcancei mais clientes e apareceram pessoas pedindo informações de como fazer para dar início ao empreendedorismo. E é isso, só gratidão. Eu costumo falar assim: confie em si e na força da mulher”.

Atualmente, um dos planos da empreendedora é aumentar a sua área de vendas. “Eu vou continuar estudando, buscando me desenvolver mais no mercado e pretendo alcançar outras cidades para vender os meus produtos”, conclui Leandra, que é mãe de Ana Sofia, de 4 anos, e de Edilson Joaquim, de 7. “Eu cheguei até aqui através do meu esforço e com muita garra. Muitas vezes pensei em desistir, mas meu esposo Edilson Vilela não me deixou cair e hoje me orgulho dessa trajetória linda, que inspira outras mulheres”, destaca.

  • Quer ficar por dentro de mais notícias sobre empreendedorismo e descobrir histórias inspiradoras? Então siga a gente no x.com/sebraepe e acompanhe a Agência Sebrae de Notícias (pe.agenciasebrae.com.br).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anuncie Aqui

Banner (1080 x 1080 px)

Anuncie Aqui

Banner (1080 x 1080 px)
Útimas Notícias
Categorias