Juntos pela Educação: merendeiras recebem mentoria para aperfeiçoar refeições das escolas da rede estadual de ensino

Genecy Mergulhao
Genecy Mergulhao
Juntos pela Educação: merendeiras recebem mentoria para aperfeiçoar refeições das escolas da rede estadual de ensino

Merendeira da Rede Estadual de Ensino há mais de 20 anos, Alcione Viana, 55, faz parte do grupo de 11 cozinheiras dos municípios de Gravatá, Vitória de Santo Antão, Bezerros e Caruaru que recebeu curso de aperfeiçoamento no preparo das refeições oferecidas nas escolas estaduais. O encerramento da formação, ministrada pelo Instituto César Santos, aconteceu nesta sexta-feira (10), com um almoço realizado na Escola Estadual de Referência em Ensino Médio Eurico Queiroz, em Bezerros, no Agreste, para os 891 alunos, e contou com a presença da governadora Raquel Lyra.

LEIA TAMBÉM: TELETON: Acompanhe AO VIVO | Teleton 2023

O Projeto Merenda Boa vai garantir refeições de melhor qualidade para os nossos alunos, pois propõe uma maior diversificação da nossa merenda e também a introdução de alimentos mais naturais no cardápio das escolas, desindustrializando o que é ofertado. Nós temos investido muito na merenda escolar, nos novos contratos, na aquisição de insumos como freezer, geladeira e fogão industrial, mas também é importante que a gente trabalhe com quem cuida desses meninos, que são as merendeiras, tão amadas por todos“, ressaltou a governadora. A prefeita de Bezerros, Lucielle Laurentino, também acompanhou a ação.

A secretária de Educação, Ivaneide Dantas, destacou que a formação utilizou produtos que já fazem parte da rotina alimentar dos jovens. “A grande contribuição desse projeto é  conseguir juntar vários ingredientes que já são disponibilizados para a merenda e estão previstos no Programa Nacional de Alimentação Escolar. A iniciativa se preocupa, ainda, em levar o alimento até os estudantes de um jeito que ele fique com um colorido bonito, com todos os elementos necessários para a correta nutrição deles“, destacou.

Para Alcione Viana, que cozinha na Escola Estadual Guiomar Cláudio, em Vitória de Santo Antão, fica a gratidão e o conhecimento que será repassado adiante. “Foi uma experiência única participar dessa requalificação. Vou levar novas técnicas de cortes, molhos e temperos para minha vivência dentro da cozinha. Estamos acostumadas com os preparos do dia a dia, sempre com muito amor, mas essa renovação me deu conhecimento para fazer novos preparos com os itens que já temos na escola. Fico muito grata e estou pronta para colocar em prática o que aprendemos“, disse.

Com o objetivo de incluir novas receitas ao cardápio dos estudantes, a equipe de cozinheiros profissionais comandada pelo chef César Santos compartilhou técnicas de manipulação, porcionamento, higienização e segurança alimentar dos preparos. Esta foi a primeira turma do projeto que será replicado nas demais regiões do Estado.

Nesse projeto nós contribuímos com informações técnicas, dados sobre abastecimento, manipulação dos alimentos, entre outras coisas, mas também saímos daqui cheios de conhecimento, pois essas merendeiras são fundamentais no ambiente escolar, elas têm profunda responsabilidade econômica e social nas vidas desses estudantes. Espero que esse projeto possa crescer e chegar a escolas de todas as regiões de Pernambuco, para que todos saibam que é possível, sim, comer bem dentro da rede estadual“, destacou o chef César Santos.

Parte do Projeto Merenda Boa, do Governo do Estado, a ação ocorre em parceria com o Projeto Merenda por Grandes Chefs, que já é realizado há dez anos pelo Instituto César Santos e, pela primeira vez, chega às escolas da rede estadual de Pernambuco. Durante a formação, ainda foi feito um trabalho de conscientização envolvendo os alunos e as famílias, reforçando a importância de manter uma alimentação saudável.

Essa ação é importante também porque utiliza a sustentabilidade, ensinando o aproveitamento de cascas de alimento e sementes que antes eram descartadas, mas que são ricas em vitaminas e minerais, essenciais para a boa nutrição dos alunos“, apontou a nutricionista da Gerência Regional Mata Centro, Aparecida Araújo.

Fotos: Miva Filho/Secom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anuncie Aqui

Banner (1080 x 1080 px)

Anuncie Aqui

Banner (1080 x 1080 px)
Útimas Notícias
Categorias