Prefeitura de Belo Jardim entrega 1.000 cestas básicas para famílias carentes

A Prefeitura de Belo Jardim, por meio da Secretaria de Assistência Social, iniciou, nesta terça-feira (28), a entrega de 1.000 cestas básicas para as famílias cadastradas conforme a Lei Municipal de Benefício Eventual, nº 3.174/2017. As entregas acontecem nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) Cohab I e Santo Antônio, vão até à quarta-feira (29), das 8h às 17h. É preciso levar um documento com foto. “Estamos em um momento ao qual é preciso ter cuidado com o nosso povo em todos os sentidos, de forma especial, na área da assistência social. E é gratificante fazer com que o alimento chegue na mesa de quem mais precisa”, disse o prefeito, Gilvandro Estrela. A dona de casa Brandina da Silva, de 60 anos, com sua cesta no braço não conteve a emoção. “Essas comidas chegaram em boa hora. Tenho 3 filhos, uma morreu, fiquei com 3 netos para criar e não sou aposentada. Então, essa cesta, vai me dar uma ajuda muito grande”, afirmou. As cestas são compostas por feijão, arroz, sardinha, macarrão, cuscuz, farinha, açúcar, café, óleo e bolacha salgada. Elas são entregues para as famílias cadastradas no programa, tanto na cidade quanto na Zona Rural.

A Prefeitura de Belo Jardim, por meio da Secretaria de Assistência Social, iniciou, nesta terça-feira (28), a entrega de 1.000 cestas básicas para as famílias cadastradas conforme a Lei Municipal de Benefício Eventual, nº 3.174/2017.

As entregas acontecem nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) Cohab I e Santo Antônio, vão até à quarta-feira (29), das 8h às 17h. É preciso levar um documento com foto.

“Estamos em um momento ao qual é preciso ter cuidado com o nosso povo em todos os sentidos, de forma especial, na área da assistência social. E é gratificante fazer com que o alimento chegue na mesa de quem mais precisa”, disse o prefeito, Gilvandro Estrela.

A dona de casa Brandina da Silva, de 60 anos, com sua cesta no braço não conteve a emoção. “Essas comidas chegaram em boa hora. Tenho 3 filhos, uma morreu, fiquei com 3 netos para criar e não sou aposentada. Então, essa cesta, vai me dar uma ajuda muito grande”, afirmou.

As cestas são compostas por feijão, arroz, sardinha, macarrão, cuscuz, farinha, açúcar, café, óleo e bolacha salgada. Elas são entregues para as famílias cadastradas no programa, tanto na cidade quanto na Zona Rural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.