Vila de Xicuru foi palco da décima noite do São João na Roça em Caruaru


O clima na Capital do Forró  já é de despedida e o sentimento já é de saudade dos festejos juninos, isso porque o São João do Reencontro está na reta final. Na roça, o clima não é diferente, mas nem por isso teve menos animação.

Nesta quinta-feira (30), a comunidade do Xicuru foi palco da décima noite do polo do São João na Roça e não faltou alegria. Por lá, a festa começou cedo, às 19h,  se apresentou o Trio Caruru que puxou a Quadrilha Molecodrilha, que concentrou os olhares e animou o público presente. Na sequência, teve a Banda de pífanos Vitoriano Jovem e, em seguida, o cantor Diego Henrique foi quem subiu ao palco e colocou o povo para arrastar o pé e espantar o frio. 

Por volta das 20h30, o prefeito Rodrigo Pinheiro esteve na festa acompanhado de  comitiva, cumprimentou os moradores e em seu discurso destacou que, mais uma vez, Caruaru mostrou que o Maior e Melhor São João do Mundo acontece em Caruaru. “Mais um São João na Roça, mais um encontro com vocês. Uma edição histórica, mesmo faltando ainda dois dias pra encerrar oficialmente a festa, mas a sensação é de dever cumprido e eu só tenho a agradecer a todos que, direta e indiretamente, contribuíram pra realizar uma festa tão linda como essa”, afirmou Rodrigo.

E encerrando a noite com chave de ouro, o cantor Azulinho, filho do pequeno grande Azulão, que recentemente se aposentou dos palcos. No repertório, clássicos do forró raiz, incluindo os grandes sucessos do pai. 

Na sexta-feira (1), será vez da comunidade de Terra Vermelha  receber o São João na Roça e, no sábado (2), encerrando a edição 2022, é a vez de Gonçalves Ferreira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.