Mendonça Filho diz que trabalhará pela Educação e será voz ativa em defesa dos interesses de Pernambuco na Câmara dos Deputados

Mendonça Filho diz que trabalhará pela Educação e será voz ativa em defesa dos interesses de Pernambuco na Câmara dos Deputados*l

O ex-ministro da Educação, Mendonça Filho, oficializou sua candidatura a deputado federal na convenção estadual do União Brasil, neste domingo (31/07), que homologou o nome de Miguel Coelho como candidato a governador de Pernambuco. 

“Sou um soldado do povo de Pernambuco,  faço uma política com decência, nunca fiz política na base da chantagem, na base do oportunismo, sempre fiz política na base da paixão. E essa é a verdadeira política a que se trabalha com quem mais precisa, pelas crianças, pelos jovens, pelos idosos. Eleito serei uma voz ativa em defesa de Pernambuco e da pauta da Educação no Congresso”, afirmou. Mendonça Filho que conhece como poucos a Câmara dos Deputados, onde foi deputado por três mandatos com atuação destacada. 

Foi reconhecido como um dos parlamentares mais atuantes do Congresso pelo DIAP e pelo ranking da revista Veja como parlamentar que mais contribuiu para o País ser mais moderno e competitivo. Mendonça disse que vai defender políticas públicas para melhorar a qualidade da educação e que possam impactar positivamente a vidas das crianças e jovens. “A política nacional de escolas em tempo integral, criada na nossa gestão no MEC, está sendo implantada em todo o país e precisa de recursos e apoio para atingir a meta do Plano Nacional de Educação”, afirmou, ressaltando que a agenda da educação é  ampla, urgente e terá sua dedicação plena. 

 Na avaliação de Mendonça, é fundamental ser uma voz ativa em defesa dos interesses dos pernambucanos no Congresso. “Pernambuco tem potencial econômico em todas as regiões. Um povo trabalhador.  Temos que criar condições para quem quer empreender, gerar emprego, renda. E garantir recursos para saúde, educação, abastecimento de água, tecnologia e todas as áreas que podem melhorar a vida das pessoas”, defendeu Mendonça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.