Uma véspera de São João para nenhum forrozeiro colocar defeito

Uma véspera de São João para nenhum forrozeiro colocar defeito

Dois anos são equivalentes há 24 meses, 104 semanas, 730 dias e 17.520 horas. Ou seja, uma verdadeira eternidade para quem estava acostumado a vivenciar a véspera de São João festejando no Pátio do Forró, mas que em 2020 e 2021 precisou interromper a tradição, devido à pandemia da Covid-19. Mas valeu à pena esperar. Nesta quinta-feira (23), pré-data de comemoração do Santo, o palco do polo principal do São João de Caruaru esteve dominado por quatro atrações especialistas no ritmo mais tocado da época: o forró.

Quem abriu a matinê da véspera de São João foi Dorgival Dantas. Dono de um repertório que nenhum forrozeiro arrisca colocar defeito, o cantor, compositor e sanfoneiro cearense colocou todo mundo para arrastar os pés, com hits do forró estilizado. Principal compositor da banda Aviões do Forró, ele relembrou os grandes sucessos que atravessaram gerações nas vozes de Xand Avião e de Solange Almeida.

Em seguida foi a vez da banda Brucelose trazer ao palco mais uma vertente do forró: o romântico. Em pouco mais de uma hora de apresentação, o grupo pernambucano fez o público dançar e cantar com suas canções que ainda embalam os casais apaixonados. Dentre eles: “Sede Te Amar”, “Doce Pecado”, “É o Amor”, “Te Amo Demais” e “A Paz do Sorriso”.

Sem perder o ritmo, Barões da Pisadinha foi a terceira atração da noite estreando nos festejos juninos da Capital do Forró. Liderada por Rodrigo e Felipe Barão, a banda baiana levantou o público com os seus hits do forró eletrônico e do piseiro como: “Tá Rocheda”, “Basta Você me Ligar”, “Já Que Me Ensinou a Beber” e “Galera do Interior”. “Faltam palavras para descrever a emoção que estou sentindo neste momento. Muito obrigado Caruaru!”, disse Rodrigo Barão, durante o show.

Fechando a véspera de São João em grande estilo, Mano Walter trouxe o seu repertório repleto de forró estilizado, vaquejada e piseiro. Embora venha participando bastante do evento, nos últimos anos, para o artista alagoano, cantar no “Maracanã do São João”, é sempre motivo de muita emoção. “Forrozeiro que se preze tem que passar pelo palco do São João de Caruaru e depois de dois anos, então, é que a felicidade é redobrada”, comentou Mano, durante entrevista.

Presidente

Com agenda na Capital do Forró, Jair Bolsonaro foi uma das mais de 50 mil pessoas que estiveram festejando a pré-data comemorativa no Pátio. Antes de conferir às apresentações de Dorgival Dantas e de Brucelose, o presidente brasileiro participou de motociata por avenidas da cidade, juntamente de sua comitiva e de apoiadores.

Fotos: Diógenes Barbosa (Cortesia) e Elvis Edson.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.